Novo smartphone Google Pixel 2 tem câmera superior ao iPhone Plus

Pois é, a temporada de novidades em eletrônicos trouxe um novo lançamento em smartphones, o Google Pixel 2, e o equipamento já vem abalando o mercado internacional.

A câmera principal (traseira) do novo smartphone do Google vem com um sensor de 12,2 Megapixels e autofoco por detecção de fase, além de ter conjunto óptico com abertura F/1.8 e uma câmera frontal (selfie) de 8 Megapixels com foco fixo e abertura de F/2.7.

 

Módulo de câmera destacado no Google Pixel 2

 

O novo sensor de 1/2.55″ polegadas (diagonal) é menor que o sensor 1/2.3″ polegadas do modelo anterior do Google Pixel, mas a lente mais “clara”, com maior abertura, deve compensar isso. Para vídeo a câmera traseira tem resolução máxima de 4K em 30 fps (quadros por segundo, bem menor do que nos novos iPhones), enquanto a câmera frontal pode fazer vídeo em até 1080p a 30 fps.



O problema de “flare” (brilhos) que o modelo anterior apresentava em imagens muito iluminadas foi resolvido colocando o novo conjunto óptico acima da capa de vidro traseira do smartphone, o que na minha opinião deixou o aparelho mais elegante.

O Google Pixel 2 é à prova d’água e poeira além de contar com um processador Qualcomm Snapdragon 835.

Todo mundo esperava que o smartphone da Google também fosse lançado com câmeras duplas na parte traseira, mas esse não foi o caso. Como o Google é uma empresa de software, eles resolveram utilizar outra abordagem para criar o “efeito” mais em moda ultimamente, o desfoque de retratos.

 

Esquema com sensor e conjunto óptico no Google Pixel 2

 

Segundo o site Dpreview.com, o Google Pixel 2 (e a versão maior, o Pixel 2 XL) usa apenas uma câmera, combinada com a tecnologia Dual Pixel (pixels divididos à esquerda e à direita) além de inteligência artificial, para criar o efeito do modo retrato chamado de “bokeh falso” (desfoque de fundo), sem precisar de outro sensor auxiliar.

Eles descobriram também como utilizar a estabilização óptica de imagem junto com a eletrônica durante a gravação de vídeos, para criar imagens muitos suaves e sem tremores.

Até aí tudo bem, mas por que andam afirmando por aí que a câmera do Google Pixel 2 é melhor que a dos novos iPhones, recentemente lançados?



A DxO, empresa francesa especializada em avaliações de câmeras, lentes e smartphones, acabou de testar o Google Pixel 2 e deu a ele “intoleráveis” 98 pontos, acima dos 94 pontos dados ao iPhone 8 Plus e, recentemente, ao Galaxy Note 8.

Segundo a avaliação da DxO, na categoria Fotografia, o Samsung Galaxy Note 8 ainda é o melhor smartphone, superando a pontuação do Google Pixel 2 por um único ponto. Já quanto a vídeo, o Pixel 2 fica a frente de todos os concorrentes. Seus 96 pontos superam em muito os 84 pontos da Samsung e os 89 pontos da Apple.

 

Avaliação da DxO sobre a câmera do Google Pixel 2

 

As críticas quanto as atuais avaliações da DxO tem a ver com o fato de que alguns números são bastante subjetivos e por isso vários analistas não estão concordando inteiramente com essa avaliação do Google Pixel 2.

Eu particularmente acho divertido que as questões que estão agora por trás do desenvolvimento das câmeras dos novos smartphones não tenham mais a ver com a quantidade de Megapixels do sensor ou de sistemas óticos mais robustos, com zoom, mas sim com o quê o público sente das imagens obtidas.

O que quero dizer é que, o que importa agora é a experiência do usuário e sua satisfação com a imagem, e isso não tem necessariamente ligação com as questões técnicas da câmera.

É como no tempo da câmera compacta com filme: você carregava a câmera, tirava as fotos, levava para o laboratório e se todas as fotos ficassem boas, a câmera era boa. Pronto!



Bem, só como detalhe, a pré-venda do Google Pixel 2 e Pixel 2 XL já começaram na Google Store americana, com a data de entrega definida para 19 de outubro. O Pixel 2 custa $649.00 dólares para o modelo com 64 GB e $749.00 para a versão com 128 GB de armazenamento. Já o Pixel 2 O XL de 64 GB custa $849.00 dólares e $949.00 para o modelo com 128 GB. Como um bônus adicional para os ameircanos, o Pixel 2 e o Pixel 2 XL virão com o Google Home Mini, um controlador de funções por voz, como brinde por um breve período.

No Brasil a Google nunca vendeu seus smartphones. Até é possível acha-los em sites de leilão por cerca de R$3000,00 reais, mas eu nunca tive experiência com nenhum desses produtos, então esse lançamento fica aqui como curiosidade.

Se você quer ficar “tonto” veja o vídeo promocional que o Google fez para seu novo smartphone. É rápido demais para minha idade, hehehe.