Jim Mortram: saindo da depressão com a fotografia

Um fotógrafo que tem um passado de luta contra a ansiedade e a depressão resolveu usar seu trabalho para chamar a atenção para aqueles que estão passando pelo mesmo problema.

O inglês Jim Mortram, apresentado em um vídeo de 3 minutos publicado pelo canal da Wex Photo Video, mostra o que pensa sobre o poder que a fotografia teve na sua própria cura.

 

Uma das fotos do projeto SMALL TOWN INERTIA de Jim Mortram

 

Segundo Mortram “Houve um período de um ano em que eu realmente quase nem falava, foi aí que me emprestaram uma câmera. Isso me ajudou a me integrar de volta para vida e à comunidade para reencontrar as pessoas”.

Agora já curado, Mortram usa a fotografia para contar as histórias de outras pessoas que também enfrentam desafios semelhantes, produzindo imagens de forte impacto emocional.



Vivendo numa cidade pequena, Jim Mortram já ganhou prêmios como documentarista com seu projeto, que tem o nome de “Small Town Inertia” (A inércia de uma pequena cidade), e que pode ser visto em seu site pessoal.

 

O fotógrafo Jim Mortram

 

“Temos muita sorte de contarmos com a fotografia”, diz Mortram. “Ela nos enraíza ao passado e ao presente, e é o nosso legado para o futuro”.

É engraçado, eu mesmo sempre usei a fotografia como uma forma de terapia pessoal, olhando o mundo e sendo protegido pelas lentes, mas nunca gostei de imagens que retratassem a depressão. Acho que de certa maneira até já apliquei a fotografia como terapia em meus alunos.

De qualquer maneira é muito interessante ver um pouco desse trabalho de Jim Mortram , pois no mínimo nos faz pensar como é possível construir um projeto fotográfico interessante com tão pouco.

 

Obs.: O vídeo está em inglês, mas como sempre indicamos você pode ativar as legendas automáticas em Português, elas podem ser de muita ajuda para quem não domina essa língua. Note porém que alguns termos técnicos não são bem traduzidos.