Primeiro smartphone Kodak começa a ser vendido na Europa

Pois é, a veneranda marca de filmes e câmeras Kodak acaba de lançar um smartphone voltado para fotógrafos. Na realidade atualmente a marca Kodak é apenas licenciada para outros fabricantes pois a empresa não conseguiu passar com sucesso pela transição do filme fotográfico para a câmera digital e entrou em concordata em 2012.

 

kodak-ektra

O Bullitt Group, uma das empresas que licenciam a marca Kodak, está lançando o smartphone Kodak Ektra. O nome é inspirado na câmera Kodak Ektra de 1941 e o design do telefone tenta imitar a aparência de uma câmera analógica vintage. A parte traseira do dispositivo possui uma pequena empunhadura de câmara e é coberta de couro sintético conhecido como leatherette. O smartphone apresenta também um botão de obturador de dois estágios e conta com acessórios opcionais que incluem uma gama de bolsas de couro em estilo retrô.

163057-kodak-ektra

 

Apesar do design exterior ser centrado na idéia de uma câmera o Ektra é antes de tudo um smartphone. A câmera vem com um sensor de 21MP, abertura F2.0 e estabilização de imagem óptica. O smartphone apresenta um sensor de 13 Mpx com lente equivalente 26,5 mm, foco do tipo PDAF, vídeo 4K e um flash de tom duplo.  O aplicativo da câmera possui controle manual sobre a maioria dos parâmetros de disparo e uma ampla gama de efeitos de filtro para vídeos e imagens fixas.

Outras especificações incluem uma tela de 5 “, video 1080p, chipset Helio X20, 3GB de RAM e 32GB de armazenamento interno expansível através de um slot microSD. A bateria de 3000mAh deve fornecer energia suficiente para um dia de utilização normal. O Kodak Ektra vem com uma boa especificação, situado como um smartphone mediano, mas como produto seu foco é realmente seduzir o consumidor que sente apelo num design vintage.

kodak-ektra-smartphone-front-back-1

 

A programação de vendas do smartphone começa na Europa em 9 de Dezembro, a um custo de € 499, mas a imprensa está divulgando que ele já pode ser encontrado à venda em algumas lojas fashion do Soho em Londres.

Vamos esperar por alguma análise que mostre se o investimento vale a pena. Eu particularmente não achei o aparelho atraente, penso que ele poderia lembrar muito mais uma câmera. Do jeito que está o design não tem muita personalidade mas se a câmera entregar a qualidade de imagem que se anuncia, bem… aí é outra coisa.