Capturando relâmpagos a 1000 quadros por segundo

Raios e trovões fascinam fotógrafos desde que essa tecnologia de captura de imagem foi desenvolvida, mas o século XXI e a fotografia digital permitem agora um novo patamar no registro desses fenômenos meteorológicos.

Todos os sites especializados estão divulgando um impressionante vídeo em 4K produzido por Dustin Farrell chamado “Transient”. Nele o fotógrafo mostra o resultado da “caça” a tempestades que fez durante o verão no Hemisfério Norte.



Sua viagem durou 30 dias percorrendo 20.000 milhas procurando tempestades nos Estados Unidos, apesar de que não há muita informação sobre as locações filmadas.

 

Still do vídeo

 

A câmera principal utilizada foi uma Phantom Flex4K, que é um equipamento de alta velocidade voltado especificamente para quem quer trabalhar com cinema.

Farrel declarou para o site Petapixel.com que a câmera “…funciona bem para capturar raios porque ela está sempre gravando e reescrevendo os dados na memória RAM interna. Assim que um relâmpago aparece no visor aciono a câmera para salvar o que já foi armazenado na RAM”.



Então esse é o segredo? Na vida acho que só consegui fotografar raios umas 3 vezes, e sempre contando com a destreza e velocidade de meu dedo indicador, hehehe. De resto, perdi todas as chances de fotografar cenas espetaculares.

 

Still do vídeo

 

Eu não pretendo ter uma câmera Phantom Flex4K tão cedo, então deixo para Dustin Farrell a missão de filmar tempestades e divulgar as imagens pelo mundo.

Aliás, a fotografia é muito bonita e vale a pena ver o vídeo em 4K, caso seu computador ou smartphones suportem essa resolução.

Transient from Dustin Farrell (www.dfvc.com) on Vimeo.