Comparando as lentes Canon 10-18 e Nikon 10-20

Lentes do tipo Grande Angular são o objeto do desejo de muitos fotógrafos amadores e profissionais. Elas permitem que possamos colocar muito mais objetos dentro da cena fotografada. Algumas tem tanto campo de visão que é comum o fotógrafo captar seus próprios pés na imagem, sem querer.

Esse tipo de lente esteve restrita por muito tempo a um público que podia pagar caro, pois eram equipamentos “topo de linha”, mas a situação mudou.

Lente Canon EF-S 10-18mm e lente Nikon AF-P DX 10-20mm

 

A Canon e a Nikon tem há algum tempo duas opções bem mais baratas de lentes Grande Angulares do tipo zoom. A faixa de visão dessas lentes começa em 10mm, o que garante um ampla campo de visão, servindo muito bem para fotografia de paisagem ou de grandes grupos de pessoas.

Claro que esse tipo de lente tem seus problemas, como a distorção e falta de nitidez nas bordas da imagem, mas para explicar um pouco mais de seu funcionamento o canal TheCameraStore publicou um vídeo sobre o assunto.



No vídeo o fotógrafo Canadense Chris Nichols usa uma paisagem nevada para comparar as lentes Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM  e a novíssima Nikon AF-P DX NIKKOR 10-20mm f/4.5-5.6G VR. Essas lentes tem em comum o fato de serem projetadas para terem um menor custo, mesmo mantendo a qualidade.

Ao longo do vídeo somos apresentados às lentes, vemos seu uso em duas câmeras de entrada da Canon e da Nikon e quase caímos em um rio congelado junto com o apresentador…

 

O fotógrafo Chris Nichols na maior fria

 

Só para você saber, a Canon 10-18mm é vendida no Brasil por cerca de R$1200,00, enquanto a Nikon está sendo vendida por cerca de R$2000,00. No exterior elas fazem parte da mesma faixa de preço, cerca de $300,00 dólares, mas aqui a Canon tem um política de distribuição bem competitiva. Eu diria que nesse caso vale mais comprar a lente por aqui, e ainda parcelar em até 12 vezes…



O vídeo é bem completo e explica muito bem todas as questões desse tipo de lente. Pena que a tradução automática do YouTube não consiga traduzir muito bem.

Com o tempo vou ver se consigo transcrever as falas de Chris Nichols ou fazer eu mesmo um post sobre o assunto então, por enquanto, veja o vídeo.

Se você prestar atenção e for parando pouco a pouco em cada assunto dá para entender muito bem como funcionam essas duas lentes. Boa sorte!

Obs.: O vídeo está em inglês, mas como sempre indicamos você pode ativar as legendas automáticas em Português, elas podem ser de muita ajuda para quem não domina essa língua. Note porém que alguns termos técnicos não são bem traduzidos.