Minolta volta discretamente a lançar câmeras digitais

Você se lembra da Minolta? A marca japonesa era famosa por ter sido a primeira a desenvolver um sistema de foco automático para câmeras do tipo SLR (Single Lens Reflex) e também pela qualidade de suas câmeras e lentes.

Até hoje a elegância de suas câmeras chama a atenção de fotógrafos do mundo todo.



Em 2003 a marca se fundiu com a Konica Corporation, formando a nova Konica Minolta. A partir daí lançou câmeras digitais famosas como a Dimage A1, a primeira DSLR com sistema anti-vibração no sensor.

 

Câmera MN35Z. um dos novos lançamentos com marca Minolta

 

Em 2006, surpreendentemente, a Konica Minolta anunciou que estava saindo do mercado fotográfico. Seu departamento e sua tecnologia de Câmeras foi vendido para a Sony, que pôde lançar assim sua série Alpha de câmeras digitais.

Foi assim que a marca Minolta desapareceu! Mas agora uma matéria do site Petapixel.com revelou que a marca lançou silenciosamente 3 novas câmeras digitais. Segundo Will Nicholls, autor da matéria, uma série de câmeras Minolta surgiu para venda na amazon.com e agora parece que a marca pertence a uma empresa chamada Elite Brands, cujo site também exibe esses novos modelos.

 

Câmera compacta Minolta MN5Z

 

Na realidade 2 das novas câmeras são o mesmo modelo em cores diferentes. Este é o caso da Minolta MN357, uma câmera digital de 20 megapixels do tipo SuperZoom (Bridge), com conexão Wi-Fi e zoom óptico de 35x, além de gravação de vídeo HD 1080p. Ela custa $230.00 dólares, o que não é barato, apesar de já ter duas avaliações de apenas 1 estrela por compradores da Amazon.

Outro modelo de câmera encontrado na Amazon é a Minolta MN5Z, uma câmera compacta tradicional. Conta com sensor de 20 megapixels e zoom óptico de 5x, custando cerca de $ 100.00 dólares.



As avaliações negativas falam de equipamentos que param de funcionar depois das primeiras fotos e má qualidade das imagens.

Investiguei um pouco mais e descobri que no site da Elite Brands existem também a Minolta MNCD53, que parece ser uma câmera de ação, pois não há quase nenhuma informação; a Minolta MN20WPZ que é uma câmera à prova d’água; e a Minolta MN12Z, uma câmera compacta com zoom de 12 vezes e estabilização de imagem.

Me parece que esse é mais um desses casos como o das marcas Kodak e Polaroid, compradas ou licenciadas por fabricantes chineses que se especializaram em produzir equipamentos de baixa qualidade técnica para seu próprio mercado.

Fiquei com vontade de comprar uma delas só para ver a marca Minolta adornando uma câmera novamente, mas acho o preço meio caro para algo que certamente irá me decepcionar…