Como escolher a melhor câmera para você

Resolvi escrever esse artigo simplesmente porquê é muito difícil escolher corretamente qual o melhor equipamento fotográfico para suas necessidades, seja você amador ou profissional.

Eu mesmo vivo passando por isso pois depois de tanto tempo divulgando equipamentos de todos os tipos ainda fico na dúvida sobre o que vale a pena ou não comprar…



Para tentar ajudar você resolvi escrever sobre o que devemos levar em consideração antes de escolher uma câmera fotográfica de modo a resistirmos a vendedores enlouquecidos na busca por bater suas metas de vendas!

Que tal fazermos algumas perguntas…

 

Quem ou o quê você vai fotografar?

Quando a gente fala em fotografar pessoas as coisas parecem simples, mas não são.

Uma coisa é fotografar adultos comportados, que posam, para uma selfie ou para um retrato e outra coisa é fotografar crianças ou gente na balada dançando, sujeitos que geralmente não param de se movimentar. Dependendo da câmera ou smartphone pode ser difícil tanto conseguir uma grande qualidade visual, caso de retratos, quanto um foco preciso que que não deixe as pessoas “borradas” pelo movimento.



No caso de quem gosta de fotografar paisagens e objetos estáticos o importante é ter uma câmera com lentes que cubram um bom ângulo de visão e que sejam nítidas, pois os detalhes são importantes. Se você quer uma câmera ou celular que possa cobrir todos esses aspectos vai precisar gastar um bom dinheiro, então pense bem.

 

Quando você vai fotografar?

Se você gosta de fotografar à noite ou em ambientes pouco iluminados você precisa, obrigatoriamente, de uma câmera bem sensível com lentes de grande abertura. Fotografar à noite nunca foi muito fácil, e nos tempos das câmeras analógicas, com filme, só mesmo usando o Flash. Aliás, esse é um bom conselho, use o flash, mesmo que seja integrado na câmera.Existem também smartphones que estão sendo produzidos exatamente para este tipo de necessidade mas nada melhor, nesse caso, do quê uma bela câmara Fullframe acoplada a uma lente bem luminosa, com abertura abaixo de f2.8.



Agora, caso você só vá fotografar de dia, o problema é diferente. É interessante, em alguns tipos de câmera, utilizar filtros UV para reduzir aquele “branco” causado pelo excesso de luz no céu. Outra necessidade básica muitas vezes é o uso de parasol, aquelas proteções em forma de tubo rosqueada na frente das lentes. Alías, é impressionante como essas peças simples custam caro pelo que são. Muitas lentes mais baratas não vem acompanhadas de parasol, o que sinceramente é uma economia meio boba.

 

Como você vai fotografar?

É preciso se se perguntar, nesse caso, se você vai estar próximo ou distante do seu objeto, se o seu objeto sabe ou não que está sendo fotografado ou se o seu objeto está em movimento.

Por exemplo, é muito comum que um fotógrafo de esportes tenha que se posicionar deitado no chão tanto para se proteger da ação quanto para conseguir um ângulo interessante. Um fotógrafo de moda pode tanto estar de pé, em movimento, quanto parado utilizando um tripé. Já um fotógrafo de aventuras pode estar constantemente em movimento, fugindo de um animal ou escalando uma montanha.



Todas essas questões tem a ver com a posição que você vai ocupar ao fotografar e o peso e tamanho que o seu equipamento tem. Se você não está em boa forma pense em fazer um bom condicionamento físico antes de se aventurar com um equipamento pesado no pescoço ou então use um Drone, pronto.

 

Onde você vai fotografar?

O ambiente onde a fotografia vai ser obtida também é muito importante. Locações distantes da cidade exigem que você leve alguma infra estrutura, como baterias extras ou proteção contra as intempéries. Já alguns ambientes urbanos podem ser perigosos, e aí não é muito interessante que você leve um equipamento muito “vistoso”, que chame a atenção dos amigos do alheio.



Alguns fotógrafos especializados em foto de estúdio pensam apenas naquilo que vão usar em seu próprio ambiente de trabalho, mas fotógrafos ligados a fotografia urbana, aquela em que as pessoas saem procurando imagens interessantes do cotidiano, preferem câmeras leves, que tenham visor (viewfinder) além da tela traseira, pois é mais fácil enquadrar uma cena por ele, em situações com muito sol.

 

Para quê você vai fotografar?

Essa é a pergunta que define se você é um amador ou um profissional.

Amadores geralmente são menos focados em um tema fotográfico específico e precisam normalmente de câmeras mais versáteis. Para isso muitas marcas produzem câmeras que tem um bom equilíbrio entre sensibilidade, velocidade de obturador, resolução e, principalmente, peso. É o mercado para o qual existe o maior número de formatos de câmera e sistemas disponíveis, sendo atendido por equipamentos como smartphones, câmeras compactas, câmeras DSLR e Mirrorless. Sâo normalmente equipamentos que nos encantam pelo design e acabamento.

Já os profissionais tendem a se especializar em um ou dois tipos de fotografia e acabam procurando equipamentos que sejam voltados para estes trabalhos específicos. Marcas como Canon e Nikon fazem este tipo de especialização em sua linha de câmeras profissionais, sendo que as mais rápidas sempre são focadas no mercado de fotografia de esportes, as de maior resolução para o mercado de moda e estúdio e algumas com mais sensibilidade ISO para coberturas jornalísticas e eventos.

Dizem que as linhas de equipamentos fotográficos profissionais geralmente apresentam câmeras com maiores dimensões e peso apenas por que os fotógrafos acham difícil cobrar por seu trabalho se a câmera usada parece pequena e amadora. Pode até ser, eu mesmo já ouvi isso de uma modelo, mas talvez essa história seja apenas mais uma “lenda urbana”. Claro que estou simplificando um pouco a forma como essa separação entre os equipamentos é feita mas assim fica mais fácil entender como os mercados específicos são atendidos.



 

Que câmera comprar?

Gente, sinceramente não dá para ficar falando que câmera você deve comprar a não ser que eu fosse um vendedor, e eu não sou. Vai que depois você compra algo que indiquei e fica arrependido? Eu, hein… é muita responsabilidade, então você deve pensar, pesquisar e entender, antes de comprar qualquer equipamento fotográfico (ou mesmo qualquer coisa) para fundamentar bem sua escolha.

Mas, para não ficar aquele sabor de que faltou algo no artigo resolvi dar uma ajudinha, sem compromisso…

Resumindo, se você é amador e pretende se manter assim:

  • Use câmeras DSLR de entrada da linha Nikon (série D3000 ou D5000) ou da Canon (série Rebel) com lentes fixas de 35 ou 50mm f1.8 ou então escolha os smartphones “topo de linha” pois normalmente apresentam as melhores câmeras.

Se você é ou quer ser um profissional ou pretende ser um amador avançado:

  • Use câmeras DSLR avançadas da linha Nikon (D7000, D500 ou Fulframe como D750 e D850) ou Canon (70D, 80D ou Fullframe como 6D), câmeras Sony Mirrorless da linha A7 ou A6000 além das mirrorless da Fujifilm (linha X).

Agora vá a luta e decida! O problema é seu, hehehe.