Dicas para fotografar seu pai no Dia dos Pais

Pois é, mais um dia dos pais… Você ainda não cansou de fotografar seu “velho” nas mesmas poses, do mesmo jeito de sempre.

Vamos pensar em algumas dicas para mudar um pouco o registro desse dia dos pais.

  • Pense sobre a locação: dependendo do lugar onde você vá comemorar o dia dos pais pode ser que seja difícil fotografar direito. Normalmente as pessoas comemoram esse dia em almoços em casa ou em restaurantes e dependendo do lugar ode ser que não haja muita luz ou fique difícil se movimentar bem entre as mesas. Lembre-se que smartphones geralmente funcionam melhor com luz adequada então se as fotos estiverem ficando tremidas mesmo sendo dia não titubeie, use o flash em modo automático. A câmera vai tentar compensar a luminosidade e talvez, dependendo do smartphone, pode ser que as imagens fiquem melhores do que se tiradas só com a luz ambiente.
Ao circular pelas mesas cuidado com o fogo

 

  • Pense nas poses: fotografar grupos de pessoas posando é sempre legal mas, que tal fazer uma foto mais divertida ou que nos faça pensar? Coloque seu pai como centro do evento e na medida do possível, siga-o para conseguir aquela foto descontraída, de um momento expontâneo. Mas cuidado, se o seu pai é meio ranzinza você pode acabar estragando a festa.

 

  • Fique de olho nas crianças: se você é mãe de crianças pequenas aproveite e as fotografe com o pai ao mesmo tempo que toma conta delas. Dependendo da personalidade das crianças pode ser muito emocionante ver o carinho que elas dedicam a seu pai. E se as crianças forem do tipo que mordem, bem… é sempre engraçado olhar uma criança birrenta de um jeito diferente. Eu já fotografei crianças que pareciam querer me matar com os olhos e garanto, pode ser aterrorizador…
Nada como um Dia dos Pais com mais de um pai

 

  • Fotografe a comida: em tempos de crise a gente nunca sabe quando vai ter a mesa farta novamente. Calma, ainda não chegamos (todos) a esse ponto mas as vezes as mães ou filhos se dedicam muito para fazer o melhor almoço de Dia dos Pais então porque não fotografar essa “realização”. Procure fotografar a comida sempre sob a luz do dia ou luzes amarelas (3000K) pois não há nada mais triste do que ver um belo bife esverdeado sob a luz de uma lâmpada fluorescente. Luzes do tipo LED não escapam desse problema se forem do tipo “Luz Fria” (6000K). A comida não tem só que “ser” gostosa, tem que parecer gostosa. É como a mulher de Cézar!

 

Uma Paella tradicional deve ser muito bem fotografada

 

  • Publique suas fotos: na medida do possível publique suas fotos nas redes sociais. É claro que não penso nisso para deixar aquele seu amigo “órfão” com inveja, mas para fazer que quem está longe possa participar do momento e matar as saudades. Eu mesmo tenho dificuldade com o compartilhamento da minha vida pessoal mas, como esse tipo de conselho tem sido muito dado mundo afora, não custa repetir.

 

  • Cuidado com o equipamento: você vai participar da festa ou vai trabalhar? Digo isso porque estou acostumado a fotografar os eventos sociais para que sou convidado por hobby ou costume e aprendi a manter o equilíbrio entre aproveitar a festa e registrar momentos únicos com a fotografia. Dependendo do lugar sei que posso levar um equipamento melhor sem incomodar mas as vezes o negócio é usar o smartphone e deixar os outrso acharem que você só está tirando uma selfie. Tenho muito cuidado para não melindrar equipes de fotógrafos profissionais trabalhando em eventos onde sou apenas um convidado. Acho chato os outros ficarem pensando que sou uma espécie de concorrência, então pense sempre nisso.

 

  • Olhe a festa com amor: é simples assim. Tem gente que participa dessas comemorações acumulando tensão, ansiedade, não sabe nem o que está comendo e acaba chegando em casa destruído. Para quê? Faça o possível para manter o melhor humor e ânimo possível, só isso já vai garantir que ao abrir as imagens você terá lindas recordações do Dia dos Pais!

 

Ah, e um detalhe: se você achou esse artigo um tanto ingênuo ou até mesmo bobo, ótimo. Estamos precisando de mais leveza em nossas vidas mesmo…