Usando o zoom para filmar como Hitchcock

Sabe aquele movimento de câmera que ficou famoso com o filme “Um Corpo que Cai” de Alfred Hitchcock? O personagem principal olhava para baixo do alto da escadaria e o fundo e o primeiro plano ficavam se aproximando e se afastando para criar a sensação de vertigem (“Vertigo” é o nome original do filme).

Pois bem, os americanos chamam esse truque de “Dolly Zoom” enquanto aqui no Brazil o efeito é tratado como um dos tipos de “travelling”, movimentos de câmera que criam situações específicas.

 

Famosa cena da escadaria do filme Um Corpo que Cai de Alfred Hitchcock

 

Para entender um pouco como esse efeito é criado e o sentido dele em uma filmagem o Canal Now You See It produziu um vídeo de apenas 4:00 minutos ideal para “wannabe videomakers” e cinéfilos em geral.

O efeito de “Dolly Zoom” é produzido quando simultaneamente aumentamos ou diminuímos o alcance da lente enquanto movemos a câmera na direção oposta ao zoom. O nome do efeito vem do fato de que no cinema normalmente a câmera fica posicionada sobre uma espécie de carrinho com rodas chamada “dolly”.

A imagem resultante produz uma cena onde o assunto escolhido parece permanecer no lugar à medida que a perspectiva muda visivelmente.

 

Stills do vídeo com as duas posições do carrinho e do zoom na cena da escadaria

 

É preciso um pouco de prática para conseguir o efeito, e nem é necessário utilizar um carrinho como suporte, mas quando empregado corretamente esse efeito pode ser muito eficaz em criar tensão e foco em um vídeo ou filme.

O vídeo do Canal Now You See It é muito interessante e mostra vários exemplos do “Dolly Zoom” sendo usado no cinema. O vídeo talvez possa inspirar você a se transformar num novo Hitchcock. Quem sabe?

 

Obs.: O vídeo está em inglês mas como sempre indicamos você pode ativar as legendas automáticas em Português, elas podem ser de muita ajuda para quem não domina essa língua. Note porém que alguns termos técnicos não são bem traduzidos.