Você sabe o que é o Adobe Lightroom?

O Adobe Photoshop Lightroom, conhecido apenas por Lightroom, é um software que funciona basicamente como processador de fotos e organizador de imagens. De uma maneira diferente que seu irmão maior e mais velho, o Photoshop, o Adobe Lightroom permite visualizar imagens organizando e retocando um grande número de fotografias digitais ao mesmo tempo sem comprometer o arquivo original (o que é chamado de edição não destrutiva).

 

Adobe Lightroom rodando em um iMac

 

O Lightroom não pode executar muitas das funções que o Photoshop apresenta tais como introduzir texto ou objetos 3D em imagens ou modificar quadros de vídeo individuais portanto não serve para trabalhos de ilustração ou design. Outra diferença é a de que o software só pode trabalhar sobre arquivos que tenham sido importados para seu banco de dados e que apresentem formatos de imagem reconhecidos.

A necessidade de importação dos arquivos das fotografias para um banco de dados de imagens antes de qualquer operação é a causa de uma boa parte das críticas que o software acumula entre os fotógrafos pois dependendo da quantidade de imagens a importação pode demorar muito ou deixar o computador mais lento. Alguns concorrentes tais como o DXO Optics Pro e o On1 Photo 2017 vendem o fato de que organizam imagens e atuam diretamente nas pastas dos arquivos como uma vantagem em relação ao Lightroom.

 

Exemplo de antes e depois do que se pode fazer com o Adobe Lightroom

 

De qualquer maneira o Lightroom surgiu há cerca de 9 anos para resolver o problema que os fotógrafos estavam enfrentando em relação ao “Fluxo de trabalho” da fotografia digital. Nos tempos da fotografia analógica o fotógrafo enviava os filmes para um laboratório onde todo o processo de revelação, ampliação e controle da qualidade da imagem era feito por algum técnico. O fotógrafo até dava instruções ao laboratório sobre como queria que o resultado da revelação ficasse mas no fundo bastava a ele fotografar e esse era o “Fluxo de trabalho” da fotografia tradicional.

Quando a fotografia digital tomou conta do mercado profissional os fotógrafos ficaram assoberbados com a quantidade de imagens que eles produziam (muito mais do que com filmes) e com a dificuldade que era tratar cada imagem individualmente sem o auxílio de um técnico especializado, o que custaria muito caro. Foi para resolver esse problema que a Adobe lançou o Lightroom e o aplicativo se tornou padrão no mercado profissional.

Não existe um “Fluxo de trabalho” padrão para os fotógrafos no mundo atual e é por isso que eu, por exemplo, não uso o Lightroom. Normalmente faço edições que só fazem sentido individualmente em cada uma de minhas fotografias e também não “entendo” muito bem a necessidade de importar as imagens para um banco de dados antes de poder edita-las. Daí prefiro o Photoshop.

 

Captura da página do Canal Adobe Photoshop Lightroom no YouTube

 

Atualmente o Lightroom está na versão CC 2017 e faz parte do pacote Creative Cloud da Adobe que pode ser encontrado em seu site oficial. Existe também uma versão para tablets e smartphones que sincroniza com a base de dados do software para desktops e permite um trabalho móvel nas imagens.

Existem muitos tutoriais em português sobre como utilizar o Lightroom mas se você quer uma fonte segura com informação de primeira sobre como utilizar esse software visite o canal Adobe Photoshop Lightroom no Youtube. Mantido pela Adobe o canal apresenta vídeos de todo o tipo sobre como utilizar o software, inclusive a famosa série Lightroom Coffee Break que apresenta dicas e truques de Lightroom em vídeos com menos de 1:00 minuto de duração.

Os vídeos estão em inglês mas são muito intuitivos e é possível acompanha-los mesmo sem o uso das legendas automáticas.

Existe também um canal não oficial chamado Lightroom Brasil que contém tutoriais em português. Essa também é uma boa fonte de informações.

Veja também o vídeo de apenas 15:00 minutos em que o canal Photos in Color mostra um apanhado de tudo que o Lightroom faz. Aproveite e conheça esse que é o software mais utilizado no mercado fotográfico para organizar e editar grandes lotes de imagem.

Obs.: O vídeo está em inglês mas como sempre indicamos você pode ativar as legendas automáticas em Português, elas podem ser de muita ajuda para quem não domina essa língua. Note porém que alguns termos técnicos não são bem traduzidos.