Entendendo um pouco do padrão 8k para vídeos

Pois é, em breve até mesmo seu smartphone deve gravar vídeos em 8k. Da mesma forma que a TV Digital em HD tomou conta do mercado e os televisores com telas em 4k (o dobro da resolução do HD) já podem ser encontrados nas lojas o 8k terá o mesmo destino em breve. A sempre pioneira emissora japonesa NHK pretende transmitir as Olimpíadas de 2020 nesse novo padrão de imagem que tem mais ou menos 4 vezes mais resolução que os vídeos em HD com os quais você já está acostumado.

Ficou assustado? Não precisa de tanta resolução? Cansou de ficar trocando de equipamento?

Bom, para ajudar você a aguentar a mudança para mais essa nova tecnologia Matt Granger publicou um vídeo em seu canal do Youtube que explica a evolução da resolução de vídeo, sua equivalência em Megapixels e as vantagens de se aderir ao padrão 8k com antecedência. O vídeo pode ser visto tanto em HD, 4k ou 8K e foi feito de propósito para exemplificar essa nova resolução de imagem para quem tiver um smartphone ou computador e internet compatíveis.

 

Still do vídeo com Matt Granger

 

Segundo o autor:

“O 8K agora é a vanguarda – e para ser honesto – a edição deste vídeo foi muito tensa. Nós filmamos dois vídeos curtos em 8k em lotes de resolução 4k e acabamos com quase um terabyte de dados! Acrescente a isso o fato de que a transferência desses dados para editar o vídeo em um computador realmente é muito lenta. Tive que voltar no dia seguinte para continuar tranferindo as imagens.”

E continua: “A câmera que utilizamos acabou sendo o elemento mais sofisticado nesse trabalho pois nosso computador, monitor e armazenamento não estavam à altura da tarefa. Podíamos editar os vídeos em 4k muito bem mas 8K era demais para nosso equipamento. Talvez se esperarmos um par de anos novos computadores já possam dar conta do trabalho mas até lá talvez sensores de 12k já estarão no mercado. Dito isto devemos reconhecer que o 4K está aqui. Estamos filmando e enviando 4k regularmente agora. E uma vez que as resoluções 6K e 8K fazem parte da gama superior de equipamentos tenho que admitir ser um “early adopter” (NT: aquele que adota novas tecnologias rapidamente).”

O vídeo tem cerca de 9:30 minutos e é instrutivo e até mesmo divertido. As legendas automáticas até funcionam razoavelmente bem mas a fala é muito rápida portanto se você tem dificuldades em entender inglês veja o vídeo as poucos e repare nos exemplos sobre resolução que o trabalho contém.