Fotografias em vídeo: Voltando de Serra Negra

Neste terceiro e último vídeo da série em que documento uma viagem rápida à cidade de Serra Negra registro a volta para a cidade de São Paulo passando pelos municípios de Amparo e Morungaba até as proximidades de Itatiba viajando pela rodovia SP 360.

A volta para São Paulo não foi muito bem planejada e imaginei que utilizar a SP 360 nos deixaria em Jundiaí já nas proximidades de nosso destino. O que eu não sabia é que esta era uma estrada de traçado antigo, com uma topografia complexa e cheia de sinuosidades. A viagem no final das contas demorou muito mais do que se tivéssemos voltado pelo caminho de ida.

 

 

No entanto uma coisa que não contava era com o cenário que se vislumbra durante a viagem pela SP 360. O entardecer, além de trazer efeitos de luz e sombras típicos do inverno paulista, acentuou o caráter dramático de uma paisagem montanhosa e de grande tradição.

Fazendas centenárias, o gado entre morros e pedras, antigas casas de colonos e imensos bambuzais formando túneis verdes através da qual a estrada passava eram acordados de seu sono invernal pelo barulho de grupos de motociclistas voltando para casa após uma viagem de confraternização e lazer.

O contraste do pôr-do-sol com o ar seco e levemente enevoado das serras criava cores espetaculares na vegetação e nas grandes rochas que insistiam em despontar do solo desafiando o traçado da estrada. Uma coisa é certa, talvez esse seja o vídeo mais bonito dessa série.

Parei de fotografar quando estávamos próximos a Itatiba e o luz do sol já se tornava apenas uma recordação.

Devo lembrar que como no segundo trabalho da série todas as fotos que compõem o vídeo também foram obtidas de dentro do automóvel em movimento e com as janelas fechadas e “insulfilmadas”, linguagem e técnica que tenho desenvolvido durante anos e que discuti anteriormente em artigo aqui no blog.

E novamente citando o que disse sobre esse trabalho em meu post do primeiro vídeo, obtive milhares de fotos durante essa viagem e resolvi que a melhor maneira de exibi-las seria montar uma espécie de slide show em vídeo através do meu canal do Youtube. Selecionei 30 imagens no máximo de cada trecho da viagem e sintetizei minhas impressões em pequenos vídeos de cerca de 3:00 minutos.

O subtítulo “A Janela e o Olhar” faz referência a minha poética pessoal e a necessidade que tenho de desvelar o mundo distante através das barreiras que nos protegem desse mesmo mundo como as janelas dos edifícios ou dos automóveis em movimento.

Com esse post encerro a exibição das imagens selecionadas dessa minha viagem à Serra Negra. Quem sabe em breve eu possa visitar a região com mais tempo e a determinação de desvelar a paisagem natural e humana de uma maneira mais profunda?

Veja aqui o vídeo do trecho de volta entre Serra Negra e Itatiba.